Blog

Diferenças entre os níveis de blindagem em Fortaleza

É muito difícil tomar a decisão de proteger um veículo, uma vez que tal procedimento envolve custos consideráveis, além de ser desconhecido para a maioria dos clientes.

blindagem hyundai

Uma dúvida que é sempre recorrente é qual o nível de blindagem é recomendado. Para determinar os níveis de blindagem são considerados os seguintes aspectos do projéctil:

1. Velocidade: A maior velocidade maior poder de penetração.
2. Diâmetro: O projétil de maior diâmetro maior penetração.
3. Dureza: Quanto maior for a dureza do invólucro, a uma maior penetração.
4. Forma: Quanto mais afunilada que o projéctil, há mais de penetração.
5. Peso: Quanto mais pesado o projétil, mais penetração.

Os níveis de blindagem identificam o grau de proteção contra os projéteis. Os mais baixos garantem proteção para armas de mão (pistolas e revólveres) e os mais altos para armas de maior calibre. Em resumo, temos então os seguintes níveis:

Nivel I – Oferece proteção contra vandalismo (tijolos socos, martelos, morcegos, etc.) e armas de calibre 32 e 38, sendo vulnerável contra calibres maiores. (torna necessária uma complexa análise do motorista quanto ao tipo de arma em um momento tão crítico)

Níveis II e II-A– Pára projéteis de menor potência (calibre 9 milímetros e Magnum 357, por exemplo), não sendo uma proteção resistente, por exemplo, em sequestros, quando bandidos costumam usar armas de maior porte.

Nível III-A– Possui resistência quatro vezes maior que o nível I e é a proteção usada por 95% mercado pois protege contra ataques de armas de mão de todos os calibres, inclusive a submetralhadoras (pistolas) 9 milímetros e Magnum 44.

Existem outros tipos de blindagens de maior nível, porém além  do elevadíssimo custo, precisariam de uma autorização especial do exército. Veja o gráfico abaixo que ilustra um pouco melhor os níveis de blindagem e suas respectivas proteções.

nivel de blindagem fortaleza